sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Down

É agoniante se perceber vazio
Não acha graça de nada
Não ficar triste com alguma história
Não consegui reagir quando vê algo que gosta
Não saber como agir e inventa uma reação

Apenas de chorar se tem vontade,
Mas saltita ridiculamente tentando parecer animada
Pra descobri que não importa
Das duas formas você não tem muita importância
É o que parece refleti no rosto dos outros

Tentar mudar e se senti uma estranha
Não mudar e se senti uma estranha
Não há ninguém que te importe
Há quem te importe, mas você é uma estranha



Já há muito tempo, mas você nunca aprendeu a lidar...















Arte de Harumi Hironaka

domingo, 22 de janeiro de 2017

Float

Imperceptível o seu ser presente
Seu inconsciente inatingível.
Flutua por sobre as vozes
E sugado pelo silêncio.
Sempre indiferente ao indiferente
Mas em desespero ao toque frio

Tudo está ao avesso
Minha mente se dissolve
E meu corpo foge
Nós (frio no frio)
E uma pedra se parte

Desolada em dor
Correndo para o fim (sempre)
Força no fracasso, desilusões sem fim...


- Parto partida desse fracasso, fugindo desses olhos frios.  -
Imagem: Tom Bagshaw - 'Linger'

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

"Quem você pensa que é? "

- Sou a sra. Ninguém. Um nada.

Foda-se minha auto-estima!
E você também! 

Bem vindos!

Se entendeu é porque era pra entender,
Se não entendeu é porque não era pra você ter entendido ...